O NORTE DE PORTUGAL DINAMIZADO PELA IBERDROLA

11 de Fevereiro de 2019

No Norte de Portugal, a Iberdrola está a fazer crescer um dos maiores projetos hidroelétricos dos últimos 25 anos a nível europeu: o Sistema Eletroprodutor do Tâmega, um conjunto de três barragens – Alto Tâmega, Gouvães e Daivões.

À volta deste projeto, o maior desenvolvido pela Iberdrola em Portugal, estão alguns territórios (Vila Pouca de Aguiar, Cabeceiras de Basto, Ribeira de Pena, Boticas e Chaves), onde queremos deixar muito mais do que uma grande obra. Aqui, queremos manter-nos ligados à comunidade, promovendo a atividade física, protegendo o ambiente, divulgando a riqueza natural local, sobretudo, junto dos mais novos, e estando presentes em momentos de convívio e de celebração de tradições.

Quer conhecer um pouco mais sobre o trabalho da Iberdrola nesta região?

Correr, caminhar ou pedalar para um futuro melhor

 

No último ano, a nossa agenda foi tão preenchida que até andámos a correr! Literalmente. Na verdade, marcámos presença em três provas de trail que juntaram centenas de pessoas a correr pelas belas paisagens verdes e também de montanha desta região.

Para os mais radicais, também houve uma prova de BTT, parte do calendário da entidade que rege o ciclismo a nível mundial. Ainda mais radical? Downhill! A Iberdrola disse “presente” numa prova internacional que contou com 150 participantes.

Em ritmo mais tranquilo, mas sempre enérgico (afinal, a “energia” faz parte de nós), associámo-nos a seis caminhadas diferentes, como mostram algumas destas fotografias:

Proteger o ambiente não é brincadeira…

 

…mas sabemos que a brincar pode aprender-se muito, inclusivamente, pode aprender-se a construir um futuro mais verde. Afinal, se queremos um amanhã mais amigo do ambiente temos de começar por aqueles que dele vão fazer parte: as nossas crianças e jovens!

Por isso, ao longo do ano passado, proporcionámos momentos de diversão e aprendizagem a centenas de crianças. Com a ajuda da Biosfera, uma das empresas contratadas pela Iberdrola para os trabalhos ligados ao meio-ambiente do projeto do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, mostramos-lhes a flora e a fauna locais, em workshops que percorrem os vários territórios. Mais do que ver e ouvir sobre o mundo que os rodeia, os mais novos puderam experimentar! Tocar em pequenos animais, espreitar ao microscópio, tentar “pescar” uma truta ou subir a bordo de um barco foram alguns dos momentos que marcaram estes dias.

Em 2018, houve ainda várias atividades de verão às quais demos o nosso contributo. Também juntámos música, jogos e leitura à proteção do ambiente. Como? Num evento em que um cantor português animou cerca de 300 crianças para ensiná-las a criar um planeta limpo.

Proporcionar bons momentos é o que procuramos

 

Sim, é mesmo o que procuramos. Quer seja nas ações desportivas, nas atividades para os mais novos ou naquelas que são capazes de unir a população local num momento de convívio, animação e cultura.

Exemplo disso foi a presença em várias festividades locais da região. Claro que também não perdemos a oportunidade de pregar alguns sustos, no Halloween, nem de dar uma ajuda a criar um ambiente mágico, no Natal. Para além disso, ajudámos a levar à cena uma peça de teatro a que assistiram centenas de pessoas e que se tornou mais um motivo de orgulho para nós.

Agora que demos a conhecer algumas das atividades que marcaram o 2018 da Iberdrola junto da população em redor do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, mal podemos esperar por voltar ao terreno com os eventos que 2019 tem à espreita!